01 outubro 2010

Mezinha

Teixeira dos Santos: "Para tomar estas medidas dormi mal" in Jornal de Notícias

Resolvia-lhe o assunto, Sr. Ministro das Finanças: uma cajadada nas têmporas e via se não dormia com os anjos... era remédio santo.

11 comentários:

Cirrus disse...

Ei, então e o teu Juramento de Hipócrates??

Catsone disse...

Calma aí, é tudo em prol do doente!

pinguim disse...

O Teixeira dos Santos é um excelente executante de uma política económico-financeira perfeitamente definida pelos grandes agentes económicos europeus e pelas chantagistas agências americanas.
Não vale a pena matá-lo; eu no seu caso também não dormia nada bem...

meldevespas disse...

ele n dormiu bem pra tomar essas medidas.....e agora n deixa dormir ninguem...

Cirrus disse...

Ah bom, já me estavas a preocupar!...

Sahaisis disse...

desde que o gajo não acorde nunca mais até te dou uma mãozinha...

caminhante disse...

eu sou a favor da mezinha e até calha bem porque não fiz nenhum juramento... mas, acho que já pode ser tarde. não?

Pronúncia disse...

Mas a mezinha deve ser antecedida pelo tratamento previsto no post anterior...

Bom fim de semana, Cat!

João António disse...

bem merecia !
Bom fim de semana

Francisco Vieira disse...

Amigo,
uma boa semana, ou o melhor que ela possa ser.

Bom, bom, nesta altura era isto entrar tudo em alerta vermelho, mas lamentavelmente não acredito que aconteça alguma coisa a esta maralha...

Abraços

Catsone disse...

Pinguim, tenho certeza que o senhor não teve tanta dificuldade em dormir. Obviamente que não queria estar no lugar dele mas a culpa desta situação é também dele (mais do que nossa, certo?).

Mel, mas para nós não aplica-se essa mezinha, tá bem? :D

Sahaisis, a intenção não é termos uma bela adormecida, é algo transitório mas que pode ser repetido todas as noites ;)

Caminhante, nunca é tarde para uma boa solução.

Pornúncia, se calhar a medida anterior até seria do agrado do dito e dar-lhe prazer é algo que não quero, definitivamente. :D

João, mete-te na fila, amigo. lol

Francisco, tb não acredito, desde que haja futebol e novelas o Zé e a Maria ficam satisfeitos, humpf!