07 setembro 2013

Mix

Bruno Alves, jogador da nossa selecção, após o golo que marcou ontem:
"Jesus, obrigado, caralho!!!"

Sempre gostei dessa mistura de religiosidade e blasfémia.

(a não ser que o Bruno estivesse a mandar o outro Jesus para o caralho o quê, dado o seu passado, até faz algum sentido)


3 comentários :

João Roque disse...

Sim deve se a segunda hipótese, pois ele embora na selecção de vez em quando faça jeito, é uma besta quadrada!

Catsone disse...

João, o homem é um cordeirinho ;)

Tom Alarde disse...

Já o Futre uma vez, em âmbito benfiquista, entrou em campo e gritou: é pra ganhar caralho! é pra ganhar!
Daqui se deduz que a constante é a caralhada e não a divindade.