22 setembro 2005

De batem no povo!

As eleições autárquicas estão à porta, mas fala-se muito mais das eleições para presidente da república de janeiro.
Várias estações de televisão já tentaram reunir os candidatos para um debate, mas só este digníssimo blog conseguiu o impossível: juntar os candidatos e eles de bateram!
Eis uma pequenna, mas elucidativa, amostra do debate:
Catsone: Boa noite a todos. Começo com uma pergunta ao Drº Mário Soares: qual será sua 1ª medida, se for eleito presidente da República?
Mário soares (MS): Boa noite. Minha 1ª medida será contratar 2 guarda-costas e...
Francisco Louçã (FL): Sim, um alemão e outro inglês: Alzheimer e Parkinson, respectivamente.
MS: cale-se, ó clone do Fidel Castro.
Jerónimo de sousa (JS): Não usai o santo nome de Fidel em vão.
Cavaco Silva (CS): Não sei o que faço aqui. Ainda não sou candidato.
Catsone:Calma, meus senhores. Drº Francisco Loucã, o que vai fazer se for eleito?
FL: Olhe, 1º vou propor um referendo para a legalização do aborto. Se o povo votar não, irei respeitar e propor um referendo à legalização do aborto. Se o povo não aceitar, vou propor... deixe-me pensar... ah, um referendo à legalização do aborto vinha mesmo a jeito. Se o povo votar não, vou legalizar as drogas leves.
Catsone: Estava-se mesmo a ver. Drº Jerónimo, qual é sua proposta para o povo português?
JS: Essa é difícil. Acho que vamos expulsar todas as multinacionais do país e as grandes empresas nacionais também. Vamos criar empresas pública novas, como o Continente público, a Somague estatal ou a WV nacional. Criaremos um modelo baseado no sucesso de Cuba, Coréia do Norte ou da extinta (lágrima a correr rosto abaixo) URSS!
Catsone: Um pouco utópico para um presidente da república, não?
Voz do além: olhe que não, olhe que não!!!
Catsone: Repito a pergunta ao Drº Cavaco Silva.
CS: Não repondo. Não sei o que faço aqui! Ainda não sou candidato!
Catsone: Mas vai candidatar-se ou não?
Todos os outros: É isso!
CS: Só tenho 66 anos, sou um menino para este cargo!

Coitado do povo português!

Sem comentários :