17 fevereiro 2009

In Continente

Hoje fui às compras com a Madame. Há que repor o stock de café, que já vai baixinho.
Ir às compras está para os dias de hoje como ir à missa estava para a geração da minha avó. Eu nunca gostei de ir à missa e ir às compras vai para o mesmo caminho.
Porque não gosto de ir às compras? Ora, vejamos, está inerente nesse acto uma transacção financeira. Eles trocam qualquer coisa por dinheiro. Isso é injusto, eles podem trocar o que for, nós só podemos trocar dinheiro. Não me importava de trocar uma aparelhagem por um punhado de xi-corações, ou algumas pedras que trouxe das obras que o próprio hiper está a fazer.
Olha outro motivo: o trânsito. Como disse, o único hiper cá do burgo está em remodelações. Em tempo de crise acharam que o melhor é fazer obras de alargamento e, isso, obriga à permanência numa fila de trânsito. Acho isso paradoxal, "se querem que eu gaste dinheiro no vosso hipermercado, venham me buscar em casa, ó faxavôr!!!". Depois parece que as pessoas querem o carro mesmo à porta. Existem milhares de lugares vazios, mas a puta da fila se deve a um infeliz que procura um lugar o mais próximo possível da entrada do edifício. Seria de bom tom um hiper com corredores suficientemente grandes para a circulação de um SUV em cada direcção, assim, tipo um "drive thru" do McDonald's!
Lá consegue o infeliz (nesse caso eu) estacionar o seu popó numa vaga qualquer, e a próxima etapa é arranjar um carrinho pras compras. Mete-se a moeda e tira-se o primeiro da fila. Aqui jaz uma primeira lei de Murphy: não importa a posição da fila na qual o carrinho esteja, tu vais SEMPRE tirar o pior! Aquele que não percebe o que é uma linha recta, que faz mais zig-zags que o ministro japonês da economia e fica pior à medida que vamos inserindo mercadorias no seu interior: "Queres que eu carregue isso tudo, meu cab$%? Então empurra!". Para alem de errático fica mais pesado que um yokozuna.
Escolher mercadorias... este é de marca, este tem desconto, este é genérico... quando eu estiver na casa de banho e necessitar de papel, quero lá saber se é da marca do cãozito fofinho? Tudo o que quero é que não se fure! Além disso, parece que as mulheres tem tendência a só levar "genéricos" nas coisas mais importantes, "-olha, esta cerveja é de marca branca!".
Pagamento. Mais uma lei de Murphy: a fila que se escolhe, por menor que seja, é justamente aquela que mais demora a andar... e não adianta mudar.
"- Tem cartão?"
"- Sim, deixei por aqui na bolsa, só um minutinho"
"- Quer descontar no cartão?"
"- Sim"
"- Vai pagar com cartão?"
"- Sim, está na bolsa, só um minutinho"
"- Tem X pontos no cartão, quer utilizá-los?"
"- Sim"
"- Onde é que estava no 25 de Abril?"
"- A picar o cartão!"
Devia haver um Salazar para pôr ordem nisto. Paga-se com dinheiro. Se quisessem fazer descontos baixavam a porra dos preços!!!
Pim! Pim! Pim! É o som das compras a passar na caixa. Pim! Pim! Pim! E um gajo, com um saco na mão, à espera que a Sra se lembre de accionar o tapete rolante. Pim! Pim! Pim! E as compras a acumularem-se ao lado dela.
"- São X € e yz cents! Vai pagar com?"
"-
Cartão..."
Empurra-se o carrinho de compras a custo até ao carro estacionado. Parece um escravo egípcio a transportar um pedregulho para uma pirâmide.
Entulha-se a mala do carro e parte-se para casa.
Carrega-se tudo o que se quer consumir para o "lar-doce-lar" e, pacientemente, organiza-se tudo nas prateleiras. E é então que se ouve: "- Ó não, esqueci-me de trazer o café!"

4 comentários :

Rain disse...

A felicidade de viver ao pé de 2 hipermercados e um supermercado tira-me o regozijo dessas viagens. Por outro lado, simpatizo contigo e também só vou às compras quando as prateleiras estão mesmo vazias... mas escolho sempre marcas brancas ou de desconto. Caraças, sou estudante! :P

Adorei "faz mais zig-zags que o ministro japonês da economia" MUITO BOM! :D

MA-S disse...

Oh não...mais uma ida ao supermercado! pim...pim...pim...esqueci-me de comprar os filtros para a máquina do café!
Eu mulher...odeio com toda a força ir às compras!
Não trabalho em Viseu...mas ele há freaks por todo o lado!

Sahaisis disse...

ah ah :p..acontece-me sempre a mim tb.vou lá para comprar especificamente Aquilo e é dAquilo que me esqueço :P

Nane disse...

Lindo!! Conheço alguem 100% de acordo!!