14 novembro 2012

Trocadalhos do Carrilho

A Jonet não come bifes, o Passos Coelho; 
Eu não sou tonto mas o Jos'é Seguro; 
Eu chego sempre atrasado, o Miguel e o Paulo Macedo; 
A Cabelereira alisa cabelos, a Assunção Cristas; 
Um carro só liberta CO2, o Mota Soares; 
Quando estou parado bebo tinto mas Aguiar-Branco; 
Eu colecciono selos e o Carlos Moedas; 
O José Cid come fava, o Nuno Crato; 
Fogem o diabo e a Paula da Cruz; 
Os fantasmas atravessam paredes, o Paulo Portas; 
O primeiro ministro come alfaces, o Miguel Relvas; 

Os portugueses riem-se dos palhaços do circo, o Governo de Portugal.

9 comentários :

Malena disse...

Grande poeta é povo! :)

Sara non c'e disse...

muito bom!!

Briseis disse...

Qu pérola... é desta que eu decoro o nome da comitiva toda...lol

Cirrus disse...

Não adianta de muito rirmo-nos deles. Precisamos de lhes provar um pouco de sangue. Não tenho dúvidas.

João Roque disse...

Muito bem apanhado...

nAnonima disse...

quem é que ri de quem?...

Catsone disse...

Malena, pois é, sim senhora.

Sara, tks.

Bríseis, pelo menos foi útil para alguma coisa, lol

Cirrus, é rir para não chorar. Desconhecia esse teu lado vampiresco :D . Fora de brincadeiras, acho que estará para breve...

João, tks.

nAnonima, todos tiem de todos, é um "salve-se quem puder!".

Demian disse...

O governo está, a Assunção Esteve(s)...

Não tão bom como os teus, mas dá pra quebrar o galho. Heheheheheh

Catsone disse...

Demian, está muito boa também, lol