29 julho 2013

O povo português deve estar sedado; deve ter sido injectado com um sumo de entorpecimento e desânimo. Se não for assim como se pode explicar a apatia perante o comportamento completamente tresloucado dos que nos governam.
Primeiro, o casa e descasa da insensata coligação governamental. Depois, a patética actuação do demente palhaço presidente da república. A seguir, a salvação nacional que abortou antes de o ser. Continuando com a remodelação de um governo que, não obstante já ter um elevado nível de incompetência, lá juntou mais uns tachos ao trem e multiplicou 1 por 0.
Se se pensava que a estupidez e inutilidade desta gente tinha limites lá veio o sr. PM provar a inata criatividade para a parvalheira e extravasar mais um pouco da sua maluquice ao dizer que num país como Portugal não será com aumentos de impostos que vamos sair da crise e blá, blá, blá para os gordurentos votantes PSD de uma autarquiazinha qualquer.
Vinha eu no meu bólide a ouvir a TêSêFê e quase tive que parar o carro para tentar entender o que se estava a passar. 
"Espera lá, pensei que o locutor tinha dito Passos Coelho"
E repetiu que a frase era mesmo desse energúmeno.

Ora, se eu fosse José Seguro (e graças a deus que não sou) ficava arreliado, caraças! Esse Passos quer o protagonismo todo? Quer estar ao mesmo tempo na situação e na oposição? Está a fazer o papel do PS ao criticar-se a si próprio! Mas que porra é essa?! Será que se esqueceu que é o responsável pelo maior aumento de impostos de sempre neste pequeno rectângulo? E pelo aumento exponencial do desemprego? E pelo descalabro das contas públicas? Mas anda tudo doido?

Não me admira que o Portas tenha amuado: o Passos quer o protagonismo todo para ele. Ele mais os seus laivos espumosos dextros em comícios de eleições autárquicas que deixaria cheio de orgulho o seu mentor Salazar. Querem ver que a constituçãozinha canhota não deixará que, este governo desenvolvido, possa nos escravizar e sodomizar a todos? E que não deixará impor um racionamento ao pão e à água que cada um de nós vai ter para o almoço? Dormir é para fracos! Descansar é para maricas! Férias e salário são direitos obsoletos de um ideal socialista/comunista atrasado. 

Já não nos bastava ter de lidar com uma personalidade filha da Pu$%, agora temos que lidar com duas? Duas personalidades filha da pu%& é difícil de aguentar (a não ser que se pergunte a opinião a um presidente de um banco que eu cá sei, também ele um grande filho da pu/&a).

Acordai, porra!!! 


5 comentários :

Malena disse...

União Nacional, não sabes como é importante??
Estamos bem f***dos!!

João Roque disse...

Catso
eu suponho que ele é tão idiota, mas mesmo tão idiota que nem sabe o mal que está a fazer.
Porque só de pensar que naquele cérebro pequenino há alguma maquinação inteligente, embora má é uma ofensa pois era supor que ele afinal pensa...
O filho da puta é irracional, porra, só pode ser.
Racionais, mas tão ou mais filhos da puta do que ele são quem por ali pulula com o silva à cabeça.

Catsone disse...

Malena, esse tipo de expressão cheira-me sempre a esturro de direita... se ainda nos pagassem após a f$da, mas tá quieto, é fo***dos e mal pagos.

João, pois, esses outros parecem moscas a rodear o monte de esterco que ocupa a cadeira.

► JOTA ENE ◄ disse...

Ia jurar que me parece o Passos Coelho ou será o Salazar? Volta Salazar tás perdoado. lol

Catsone disse...

Jota, são gémeos, amigo.